palhocense.jpg

O melhor de Palhoça...

10 Agosto 2017 17:17:43

bobo de camarãoResultado.JPG

Figaro’s comemora doze anos
Num país onde a taxa de mortalidade de empresas de pequeno porte é bastante alta, Palhoça pode comemorar um negócio totalmente consolidado, caso da pizzaria e restaurante Figaro’s, na Ponte do Imaruim, que comemora a passagem de seu décimo segundo ano de atividades.
A estrutura do restaurante é tocada por 22 funcionários e ainda outras dez posições indiretas de apoio, tudo isso sob a batuta do empreendedor Cláudio Nunes. O cardápio apresenta mais de 60 opções de pizzas salgadas e 40 doces, o carro-chefe da marca. Ao meio-dia tem comida caseira em sistema de buffet a quilo.
A casa também é uma referência em calzones doces na Grande Florianópolis, tanto pela quantidade de sabores quanto pela qualidade. A massa integral também está no cardápio do rodizio, já a sem lactose somente para tele entrega e ou à la carte.
O sucesso da iniciativa, segundo Cláudio, não tem nenhum segredo: muito trabalho. “Com certeza a dedicação, persistência e muito amor no que a gente faz. Isso foi decisivo, tenho certeza, para que a empresa não apenas sobrevivesse mediante tantas adversidades encontradas em nessa caminhada, como se transformasse num sucesso. Não teve assim um planejamento. Quando comecei a intenção era só uma: sobreviver. As coisas foram acontecendo e de repente, boom!!! Mas quanto à consolidação, acho que ainda temos uma longa e árdua caminha para que isso ocorra, até mesmo porque o Brasil é um país muito instável e nunca se sabe o que pode acontecer’, avalia Cláudio.
Dentre os sabores salgados, o campeão da preferência é a linguiça calabresa. Segundo Cláudio, até mesmo por ser um sabor que agrada a grande maioria da população. Dentre as criações da casa, faz muito sucesso o filé ao alho e óleo. Já entre os sabores doces, o campeão da preferência é o calzone ´Sonho de Valsa´.
A Figaro’s tem uma demanda crescente pelas comemorações de aniversários, que foi uma tacada inteligente. O aniversariante acompanhado de quatro pagantes tem gratuidade no rodízio. Claudio explica, meio que brincando: “Desde que começamos o rodizio, adotamos a promoção do aniversariante e essa, pelo jeito, será eterna porque a demanda não para. E que seja assim. Esta, com certeza não é uma preocupação, muito pelo contrário!!”


Aprenda a fazer um deliciosos Bobó de Camarão
Ingredientes:
2kg de camarão do tipo branco inteiro
1kg de batata baroa (batata salsa ou mandioquinha)
Sal, pimenta do reino
2 folhas de louro
Cebolinha verde, meia xícara
Manteiga e azeite de oliva o quanto baste
Água para cozimento
Duas cebolas brancas inteiras
Leite o quanto baste
Um pote de creme de leite de 200ml
Um pote de requeijão de 200 ml.

Preparo:
Limpe os camarões, mas reserve todas as cascas e as cabeças. Os camarões limpos precisam ser reservados bem secos, use papel toalha ou pano branco de copa.
Cozinhar as cabeças e cascas em água o quanto baste. Depois que começar a ferver, acrescente as cebolas inteiras sem casca, as folhas de louro, salgue a gosto e aguarde 30 minutos.
Coe a água. É nela que vai ser preparada a batata salsa. Cozinhe as batatas descascadas até que fiquem bem macias, mas cuidado para que não desmanchem. Deixe um pouco da água no fundo para o gosto do camarão ficar mais acentuado.
Passe a batata pelo aparelho de purê ou bata no processador/liquidificador, e, neste caso, prepare-se para usar mais líquido do cozimento. Acrescente um pouco de leite mexendo para sentir a consistência de um purê liso e bem mole. Acerte o sal.
O camarão que ficou reservado é temperado com sal e na mesma hora passa pela frigideira antiaderente bem quente com um pouco de manteiga misturada com azeite de oliva. É rápido, um minuto de cada lado. Essa operação vai preservar a crocância do bicho. Ele não pode soltar líquido. Coloque os camarões em quantidades pequenas e bem espalhados. Vá ´jogando´ na frigideira faze-os saltar. (cuidado...)
Molho: misturar o creme de leite e o requeijão numa panela e quando estiver quente acrescentar o camarão, sem deixar ferver. Ao desligar o fogo, coloque a cebolinha e misture.

Para servir:
Monte os pratos primeiro colocando o purê de mandioquinha e faça uma abertura no centro onde será colocado o creme como o camarão. Decore com cebolinha verde ou salsinha, o que preferir.
Rendimento: Se for prato quente único, rende até seis porções.


Harmonização:

Para combinar um vinho com este prato, podemos seguir um dos conceitos básicos da harmonização e escolher vinhos com semelhança em cor e corpo do ingrediente principal. As vinícolas? de altitude de Santa Catarina têm se destacado na produção de espumantes e rosé pelo frescor e qualidade. Sugestão de harmonização: espumante Suzin Rosé Brut ou Rosé Malbec da Abreu Garcia.

(Bruno Conti, Sommelier e Proprietário da Vini di Altezza - 
Adega, Wine Bar e Bistrô.)


DO EDITOR: Marcos Heise (heise@unetvale.com.br) é jornalista e cozinheiro. Nos finais de semana, faz atendimentos gastronômicos em espaços gourmet de condomínios, salões de festas e residências. Sua comida segue a linha autoral e artesanal.

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina