palhocense.jpg

Sem Perder do Ritmo - Edição 567 - 08/12/16

08 Dezembro 2016 13:36:15

Ivan-Tozzo.jpg

EXEMPLO
Na emoção da tragédia, muitos clubes manifestaram solidariedade com a Chapecoense, na tentativa de amenizar a dor daqueles que foram atingidos diretamente pelo desastre. Alguns colocaram jogadores à disposição de forma gratuita, outros lançaram a ideia do time de Chapecó ficar durante três anos imune de rebaixamento, entre outras tantas ofertas. O presidente em exercício do clube, Ivan Tozzo, em entrevista concedida ao Sportv, declarou que essa proposta não poderá ser aceita, mesmo porque, um time deve conquistar os seus objetivos dentro de campo, jogando futebol. Até nessa hora tão difícil, o dirigente mantém a postura profissional que marcou a administração do Verdão do Oeste.


CALENDÁRIO
Com vaga garantida em sete competições oficiais, a Chapecoense fará no mínimo 72 jogos. O Palmeiras, atual campeão brasileiro e que fez 66 partidas até aqui em 2016, terá no mínimo 58 compromissos no próximo ano (são quatro competições oficiais). A Chapecoense terá 38 jogos pelo Campeonato Brasileiro, 18 pelo estadual, seis pela fase de grupos da Copa Libertadores, cinco pela fase de grupos da Primeira Liga, dois pelas oitavas da Copa do Brasil, dois pela Recopa Sul-Americana e um pela Copa Suruga. Se avançar até as finais da Libertadores, da Primeira Liga, do Estadual e da Copa do Brasil a quantidade total será 93 jogos.


FECHANDO A CONTA
O fim de ano se aproxima e os clubes começam a traçar os seus planos para a temporada de 2017, alguns com os objetivos alcançados, outros nem tanto. A verdade é que chegou a hora de fazer o balanço anual para projetar uma nova temporada. Passando pelos nossos clubes, o Criciúma ficou na mesma, começou a temporada na Série B e nela irá permanecer no ano que vem. Figueirense e Joinville somam os prejuízos de um rebaixamento, com a situação do JEC bem mais complicada, já que a Série C ainda não pode ser considerada uma competição rentável. O Avaí vive a empolgação do acesso, porém, sabe que as dificuldades financeiras continuam rondando a Ressacada e o ano que vem promete, em termos de competições, principalmente a Série A do Brasileirão. A Chapecoense é um caso especial, dentro de campo chegou ao mais alto estágio que um time catarinense já atingiu, conquistou o Campeonato Catarinense, se garantiu na primeira divisão no Brasileiro e chegou na decisão da Copa Sul-Americana. Dentro de campo, o time do Oeste do estado só teve o que comemorar nesta temporada, infelizmente a tragédia ocorrida com o avião da delegação interrompeu a trajetória de um time vencedor. Penso que independente de bons ou maus resultados registrados neste ano, precisamos aprender com os fatos e nos tornarmos pessoas melhores. Que todos saibam enxergar os acontecimentos, bons ou ruins, como aprendizado para o futuro.


SAINDO DE FÉRIAS
A partir de hoje saio em férias para poder recarregar as baterias para a próxima temporada. Quero agradecer mais uma vez a atenção de todos que me acompanharam neste espaço. Espero que estejamos juntos em 2017. Um grande final de ano para todos os nossos leitores e que 2017 possa trazer muita paz em seus corações.

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina