palhocense.jpg

Sem Perder do Ritmo - Edição 561 - 27/10/16

27 Outubro 2016 10:23:19

torcida Avaí.jpg

LIMPANDO AS GAVETAS
Mesmo que matematicamente o Figueirense ainda tenha chances de não cair para a segunda divisão do ano que vem, não vejo mais forças no time. Não há qualidade no grupo para buscar quatro vitórias em seis jogos. Mesmo que as declarações sejam de otimismo e confiança na recuperação, não acredito mais que isso aconteça. Está na hora de começar a limpar as gavetas e pensar na próxima temporada. Admitir os erros é importante, porém, aprender com esses erros será fundamental para que o  clube possa voltar a ser forte.
 

LAMBANÇAS
Parece que a turma do apito resolveu aparecer mais do que os jogadores. Pelo menos é isso que vimos nas últimas rodadas do Brasileirão. Não sei o que acontece, mas já adianto o que vai acontecer, caso esses erros continuem. Vamos ver uma série de reclamações por parte dos dirigentes, que normalmente se calam quando os erros são cometidos a seu favor.
 

PAPAGAIOS DE PIRATA
Assim que Francisco Battistotti, atual presidente do Avaí, manifestou o interesse em assumir o clube, muitos protestaram alegando que ele não teria condições de ser presidente do Avaí. Entre aqueles que foram contra, está o atual presidente do Conselho Deliberativo avaiano, Alessandro Abreu. Na oportunidade, ele deu entrevistas revelando que o conselho assumiria  a administração do clube, até que uma nova eleição fosse feita. Agora, quando o time está às portas de voltar para a Série A do Brasileirão, tem um monte de gente que mudou de opinião e começam a aparecer nas fotos ao lado do atual presidente, e o que é pior, com um sorriso bonito na cara. Isso tem um nome: papagaios de piratas.
 

QUEM PAGA A CONTA?
O futebol está cada vez mais caro e os dirigentes vivem reclamando da falta de verba para manter os clubes. Mesmo com tantas dificuldades, os clubes continuam cometendo erros grosseiros na hora de contratar. O Figueirense contratou este ano jogadores que não chegaram a atuar por três jogos. Essa conta poderia ser evitada, com um pouco mais de critério no momento de escolher os jogadores que farão parte do time. Está mais do que na hora de responsabilizar os diretores de futebol por esse rombo anual nas finanças.


FALTA POUCO
O Avaí conta as rodadas para poder respirar aliviado e comemorar o acesso para a elite em 2016. Pelos cálculos da comissão técnica, faltam sete ou oito pontos para que o objetivo seja alcançado. Daqui pra frente, todo o cuidado é pouco. Cada ponto será decisivo e muito bem vindo. Apesar de o acesso estar próximo, os confrontos são diretos e a atenção terá que ser redobrada, para evitar possíveis imprevistos.


SAI BRUXA
Para as declarações do presidente do Figueirense. Às vezes é melhor ficar quieto para não falar besteiras.

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina