palhocense.jpg

Sem Perder do Ritmo - Edição 557 - 29/09/16

29 Setembro 2016 14:39:45

ABUTRES
Os empresários tomaram conta do futebol, eles estão em todos os lugares e não deixam mais nenhum jovem jogador sobrando no mercado da bola. Mas isso não é o pior! Acontece que eles, em sua maioria, não têm o mínimo de bom senso e se envolvem diretamente na vida dos atletas. O Avaí vive um dilema muito grande em relação ao zagueiro Gabriel - o jovem jogador, que foi recentemente convocado para a Seleção Brasileira Sub-20, está em rota de colisão com os dirigentes do clube que o revelou. Tudo por causa de um contrato mal feito pelo ex-presidente avaiano e que agora o atual presidente está tentando desdobrar. No contrato feito não foi assinada a cláusula rescisória, o que daria ao clube garantias financeiras em caso de uma negociação, um erro grave da antiga gestão, porém, o bom senso deveria imperar, mesmo que os números venham a ser alterados. Até agora, ainda não houve um acordo entre Avaí, Gabriel e o seu empresário.


CRITÉRIO?
É justamente o que a o departamento de arbitragem da Confederação Brasileira de futebol não tem, principalmente quando se refere Às escalas de árbitros, e ainda mais quando envolve times grandes contra times pequenos. Por que eu estou buscando este assunto neste momento? Justamente quando um gigante do futebol brasileiro, chamado Internacional de porto Alegre, enfrentará o Figueirense no estádio Beira-rio e a comissão de arbitragem escala um árbitro que estava três meses sem atuar e até agora trabalhou em apenas dois jogos da Série B. Será que seria o jogo mais indicado para se promover a estreia de um árbitro? De qualquer forma, o presidente do Figueirense, Wilfredo Brilinger, já declarou que está tranquilo com relação a isso. Portanto, sorte para o senhor Luiz Cézar de Oliveira Magalhães, que será o juiz do jogo, e para os torcedores do Figueirense, é bom acender uma velinha, não custa nada.

  
BRIGA DE FOICE
Vai ser até a última rodada a briga para fugir do rebaixamento na Série A do Brasileirão. Em minha opinião, dois clubes: Santa Cruz e América Mineiro,  já estão rebaixados, enquanto, Internacional, Cruzeiro, Figueirense, Vitória, Coritiba, Sport e São Paulo vão viver esse clima de tensão até o final. Talvez, um ou dois destes times possam se salvar antes da última rodada, porém, não vai ser nada fácil para ninguém.

 
HORA DA VERDADE
Agora é a hora do verdadeiro torcedor mostrar a sua força, comparecendo ao estádio e incentivando o seu clube, não importando em que situação ele esteja. Reclamar, criticar e apontar problemas é muito fácil quando não estamos participando diretamente das coisas. Torcedor que é torcedor, não abandona o seu time, mesmo que ele seja o pior do mundo. Vamos aos estádios, é hora de ajudar e não de criticar.


SAI BRUXA
Para a comissão de arbitragem da CBF que, mais uma vez, mostra toda a sua falta de critério na hora de escalar árbitros.

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina