palhocense.jpg

Por Dentro do Ringue - Edição 577 - 23/02/17

23 Fevereiro 2017 13:57:52

GFT.jpg

Áspera reúne nomes que já foram do UFC
Depois de serem demitidos do UFC, os atletas catarinenses Thiago Tavares, primeiro atleta catarinense a fazer parte do UFC, e Glauco Nego, campeão do TUF Brasil, reality show do UFC, realizaram suas primeiras lutas fora da organização. Eles lutaram no último sábado, dia 18, no Áspera FC, organização que cresce muito no cenário do MMA. Outro atleta que apareceu no card do evento foi Alberto Uda, que teve uma passagem rápida pelo UFC e agora volta ao cenário nacional. 
Com um card cheio de ex-atletas do UFC, o evento foi um verdadeiro sucesso que movimentou Balneário Camboriú. Alberto Uda fez a antepenúltima luta da noite e conseguiu acertar um maior número de socos e chutes, mostrando que estava com a preparação física em dia. Ele ditou o ritmo da luta diante do paulista radicado em Itajaí Huinderton Barbosa, garantindo a vitória por decisão unânime. Huinderton conquistou boas posições, chegando a derrubar Uda, levando a luta para sua especialidade. Porém, no chão, não conseguiu trabalhar o seu jiu jitsu. Vale ressaltar a postura aguerrida de ambos, até o fim do combate, fazendo um show para o público local. Essa foi a segunda vitória de Uda após ser demitido do UFC. 

Tavares vence em 49 segundos
Thiago Tavares, muito ovacionado pelo público, entrou no cage contra um adversário que entrava como azarão. Tavares não tomou conhecimento do adversário, Maurício (Bad Boy) Machado, suspendeu o rival no ar e o cravou no chão com uma bela queda. Depois, montou para desferir socos e chegar ao nocaute técnico, em apenas 49 segundos. Tavares, que acumula anos de experiência no UFC lutando em alto nível e treinando com os melhores atletas do mundo, teve a chance de mostrar porque é um nome mundial. Maurício Machado, atleta que também é nascido em Florianópolis, muito conhecido pelo público aqui no estado por contar da sua história de vida e seu projeto social na comunidade Chico Mendes, não se intimidou e aceitou o desafio. Com um currículo que conta com 17 vitórias na carreira, 16 contra atletas com cartel negativo ou que fizeram apenas uma luta, somou a 11ª derrota ao confrontar um atleta completo.

Show no chão
Glauco Nego não tomou conhecimento do adversário, que aceitou a luta a poucos dias do evento. Ele fechou a noite com outra vitória rápida em cima de Julio Cesar “Bilik” (22-21), substituto do mineiro Ludy Goulart (7-1), que se lesionou  no treino de sparing na semana anterior e precisou sair da disputa. Glauco mostrou que está com a técnica de luta livre afiada e não deu espaços ao adversário. Derrubou Bilik, pegou as costas e encaixou o mata-leão, chegando à 14ª vitória e primeira fora do UFC. 

GFT
A equipe GFT Floripa, liderada pelo faixa preta de jiu jitsu Leo Augusto, esteve presente no Áspera FC com o atleta Bruno Psico, que treina em Palhoça. Em luta eletrizante, Bruno alternou bons momentos contra seu adversário, Paulo Sérgio, atleta profissional de boxe e Muay Thai. O confronto foi interrompido pelo árbitro, dando a vitória a Paulo Sérgio no segundo round.

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina