palhocense.jpg

Saneamento

09 Março 2017 08:02:09

Por: Odílio José de Souza*

Dando continuidade à nota que enviei ao jornal Palavra Palhocense do dia 2 de março, na coluna Boca Maldita, não mencionei o nome do prefeito responsável pela ótima situação que se encontra o saneamento básico em Tijucas. Para fazer justiça, trata-se do ex-prefeito Valério Tomazi. Penso que na realização de uma obra tão importante, tem que haver o reconhecimento, independentemente de sigla partidária. 
Quero também salientar que os recursos para tal obra se deu através de recursos próprios da Prefeitura; do Fundo Nacional da Saúde (Funasa) e de empréstimo junto à Caixa Econômica Federal. Será que é tão difícil seguir o exemplo de Tijucas e aplicar algo semelhante em Palhoça? 
A própria Lei nº 3.224, de 28 de dezembro de 2009, na qual foi criada a Autarquia de Direito Público denominada Águas de Palhoça, determina a obrigatoriedade da implantação do saneamento básico no município de Palhoça.
Somente com a realização de obras voltadas ao saneamento básico, especialmente no que se refere ao tratamento de esgoto em nossa cidade e, com uma constante campanha de conscientização da população, acrescentando a isso, o apoio incondicional de nossos vereadores, podendo estes, justificarem, em parte, os votos recebidos por seus eleitores, possibilitando assim que esta obra tão importante saia do papel.
Só assim, poderemos salvar nossas praias e nossos rios da situação degradante que se encontram!

* Ex-prefeito de Palhoça


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina