palhocense.jpg
Tintas Oliveira 585 Site.jpg

Falando Sério - Edição 597 - 13/07/17

13 Julho 2017 11:20:42

Charge Juarez Nahas 27.jpg

Experiências da vida diária

Meu pai escreveu sobre a vida, em uma de suas poesias: “A vida é como fumaça / Primeiro é uma grande massa / Que no alto se avoluma; / Forma nuvens aos milhões / Suporta todos os tufões / E as tempestades em suma!” E assim, ele continuou falando sobre a vida e a fumaça.
O que seria da nossa vida se não existisse a “experiência”. As maiores e mais importantes lições e exemplos para a vida iniciam desde quando começamos a enxergar e escutar o que nossos pais conversam. Mais tarde, vêm as lições de moral, de comportamento social e de preparação para o enfrentamento do dia a dia, dos estudos e da educação em geral. 
Ontem, ao passar pela praça, onde os idosos se distraem jogando dominó, em uma das mesas, encontrava-se um cidadão almoçando numa marmita, acompanhado de uma criança e um cachorro. Ao me ver, ele disse que era um milionário que estava almoçando. Talvez achando que eu era um ricaço e ele era um coitado, tentava me provocar. Eu parei e disse a ele que milionário é aquele que tem o cérebro aberto para a felicidade, entendendo o mundo e as pessoas, e não apenas tendo uma gorda conta bancária. Ele parou de comer e disse: “O senhor está com toda razão”. Saí, contente, por haver desfeito, talvez, um complexo de inferioridade.
Na semana que passou até hoje, tenho aprendido coisas importantes, como por exemplo ser “dono de casa”. Aconteceu um imprevisto e, por isso, estou sendo obrigado a fazer os trabalhos de casa: lavar louça, varrer a casa, arrumar a cama, fazer comida, enfim, todos os serviços de uma dona de casa. Se todos os maridos fizessem, de vez em quando, os “deveres das esposas”, tenho certeza de que elas seriam bem mais valorizadas.
É a história dos efeitos da experiência. Imaginem ter que fazer café da manhã, arrumar a mesa e em seguida lavar a louça. Você lava a louça de manhã, ao meio-dia, à tarde e após o café da noite. É o vai e vem do põe a mesa, tira a mesa e lava a louça. Depois secá-la e guardá-la em seus respectivos lugares.
Como essas aptidões narradas acima e mais um pouco valorizam as experiências da vida no lar, há, também, uma grande melhora no relacionamento conjugal. E o mais importante é saber valorizar o trabalho das esposas, pela família, esposo e filhos que, na maioria das vezes, só esperam a comida na mesa.
Por essas razões, repito os versos de meu pai: “Por isto eu digo que a vida / É sempre como a fumaça: / Tem também a mesma lida / Ora sobe, ora passa / Ora para de repente (...)”.
Eu afirmo que experiência rima com existência. Na verdade, só merecemos viver se soubermos incluir a experiência em nossa vida.

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina