palhocense.jpg

Falando Sério - Edição 589 - 18/05/17

18 Maio 2017 10:56:57

Charge Juarez Nahas 19.jpg

A ignorância domina o mundo

Jamais imaginei que ao envelhecer encontraria o mundo dominado pelos ignorantes e mal-educados e pelos corruptos, doutores ou analfabetos. Ao sairmos da casa ou do apartamento, começamos a avaliar os seres humanos que encontramos, numa maioria de indivíduos, idosos, maiores, menores e crianças, que desconhecem as mais simples normas de gentileza: “bom dia”, “boa tarde”, “boa noite”, “com licença”, “por favor”, “obrigado”, “até logo”, “foi um prazer”.
Isto não quer dizer que todas as pessoas são grosseiras, mal-humoradas, complexadas ou mal-educadas. Existe uma minoria de educados, gentis, cavalheiros, damas, pobres ou ricos, que respeitam (mas não são respeitados como deveriam ser) as leis, o direito dos outros e no amor ao próximo.
Onde podemos notar, claramente, a falta de educação, é no trânsito. Parece até que as escolas de trânsito nada ensinam. A maior parte desses péssimos motoristas não sabe onde mexer para indicar para onde querem ir, se para a esquerda ou a direita. Entram na frente dos outros carros como se fossem os donos da estrada. E 90% dos carros sequer tem seguro!
Junto aos carros, vêm os motoqueiros, que fazem o que querem em qualquer estrada, com o barulho das máquinas em alta velocidade, ultrapassando sem respeitar nenhuma lei de trânsito. Agora os problemas do trânsito aumentaram com a adesão dos ciclistas, que não têm suas reivindicações atendidas.
Tudo isso é fruto da baderna social reinante no mundo. A educação está morrendo, a gentileza em facilitar as manobras de sair ou entrar nos estacionamentos, ou de mudar de pista. Sem falarmos naqueles que dirigem embriagados ou drogados.
Que esperanças podemos sonhar ter em viver numa sociedade justa, evoluída, ética, onde os bons exemplos possam ser imitados, onde os poderes da república – Executivo, Legislativo e Judiciário – nos encham de orgulho e não de vergonha, como nos dias de hoje, e que nossas crianças cresçam sabendo tudo sobre moral e civismo?
Não podemos desanimar. Trago gravadas em minha mente as milhares de pessoas maravilhosas que conheci e conheço, como pais e mães de família que lutam da manhã até a noite para terem um lugar ao sol e poderem dar aos filhos casa, comida, saúde, estudo e educação, para que venham a ser cidadãos respeitáveis, galgando os degraus difíceis das classes sociais.
Poderíamos ser o país mais rico do mundo se não fossem os ladrões de gravata e por consequência os pobres não existiriam como vítimas dos corruptos. Sinto orgulho em ver senhoras idosas trabalhando sem parar, juntamente com homens de muita idade. Admiro os jovens que estudam e trabalham, porque essas pessoas representam o futuro da nação, com liberdade responsável e democracia como “um sol que nasce num deslumbramento, é a lei do povo para o próprio povo, é a liberdade e a voz do pensamento”. 
Só conseguiremos tudo isso com educação e cultura.

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina