palhocense.jpg

Falando Sério - Edição 582 - 30/03/17

30 Março 2017 11:02:16

Charge Juarez Nahas 12.jpg

Vida

Montesquieu escreveu:  “A liberdade é um bem tão apreciado, que cada qual quer ser dono até da alheia”. As pessoas gostam de falar sobre a liberdade, até mesmo os grandes e pequenos ditadores, que existem aos milhares em todos os países do mundo. É só prestarmos atenção naqueles que têm poder, seja na presidência da República até a menor cidade do país. 
São os populistas mentirosos ou os oligarcas milionários que só pensam em enriquecerem mais, dominando com mentiras e esmolas um povo ignorante, que pouco sabe sobre o que é liberdade. Os ditadores, de todos os matizes, inclusive os políticos que se dizem democratas, mandam e desmandam num povo analfabeto, numa sociedade inculta, que só liga a TV para assistir ao futebol e à novela.
Por essas razões, os países são dominados por mentirosos, corruptos e imorais, englobando neste raciocínio, políticos, autoridades, empresários, funcionários públicos e administradores, que destroem o país, roubando até o último vintém, salvando-se um bom número de honestos que são obrigados a conviver entre eles. E o povo, com cara de idiota, bate palmas e vota neles numa próxima eleição. Chegamos à conclusão de que Oscar Wilde estava com a razão quando disse: “Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe”.
Todos os municípios do país estão apodrecidos pela corrupção. O que o povo pode esperar de políticos que se comprometem com o poder econômico? De vereadores que gastam mais de um milhão de reais para se elegerem? De partidos políticos que compram outros partidos? De um país que tem mais de 30 partidos políticos? De políticos que vivem de falcatruas e fazem leis para se perpetuarem no poder e fugirem da ação da Justiça? Só com a educação poderemos expulsar os ladrões da vida pública. Só os expulsaremos se não votarmos neles.
Precisamos entender que é no nosso procedimento diário, dentro das normas legais e éticas, que transformaremos a sociedade para melhor, porque são os bons exemplos que educam as crianças e os jovens. As drogas enriquecem os traficantes e matam os viciados; o álcool, por ser permitido, é mais fácil de ser usado, destruindo famílias; o cigarro, além de ser antissocial por atingir pessoas ao seu redor, faz mal ao bolso e à saúde e joga sujeira no chão. O jogo apostado não dá camisa a ninguém e desvia dinheiro da família para o nada.
Resta perguntar: você encontrou alegria na vida? Você proporcionou alegria aos outros?
PARA PENSAR: “A vida de muita gente é como um rio profundo: por cima tão transparente, mas tanto lodo no fundo”. (Extr.)

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina