palhocense.jpg

Guarani de Palhoça completa 89 anos de história

16 Fevereiro 2017 13:08:18

DSCN5491.jpg

Em 15 de fevereiro de 1928, um grupo de rapazes reunidos no Clube Sete de Setembro, em Palhoça, resolveram fundar um time de futebol, ao qual deram o nome de Guarani Futebol Clube.
Dominante como clube amador, onde conquistou diversos títulos, em 2000, sob a presidência de Amaro Junior, surgiu a ideia, juntamente com o prefeito da época, Paulino Schmidt, de profissionalizar o clube e participar da segunda divisão do Campeonato Catarinense. Em sua primeira participação, o Guarani terminou na terceira colocação.
Em 2003, o Bugre palhocense conquistou seu primeiro título na era profissional, a Segundona do Estadual. No ano seguinte, disputou pela primeira vez a elite e acabou na 4ª colocação. Dez anos depois, estreou em campeonatos brasileiros, disputando a Série D.
Desde 2015, o Bugre virou um clube-empresa e com o selo de clube formador, certificado pela CBF, é uma das equipes de Santa Catarina especializada em formar jogadores (as outras certificadas são Criciúma, Avaí e Figueirense). Em 2017, o Guarani se prepara para disputar a segunda divisão do Catarinense, no segundo semestre. “O Guarani é um clube que já está consolidado no cenário catarinense, por já ter disputado várias vezes a primeira divisão. Sempre teve um trabalho muito regionalizado, dando oportunidade aos atletas da região. E hoje vive um momento diferente. Essa parceria veio para dar mais qualidade ao trabalho, veio para oportunizar algumas categorias que nós não tínhamos possibilidade de atender, que é a base”, comenta o atual presidente, Jeferson Ramos Batista.

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina