palhocense.jpg

Editorial - Edição 589 - 18/05/17

18 Maio 2017 09:44:26

Ilustração editorial 19.jpg

Tradição visceral 

As massas de ar frio vindas do sul do mundo ainda não chegaram por aqui, mas as tainhas já começaram, às milhares, para movimentar nosso litoral. Alguns vídeos mostrando um lanço na Praia de Cima, na segunda-feira, movimentaram as redes sociais do jornal Palhocense, provando que a nossa tradição pesqueira tem espaço no coração e nos “likes” do povo palhocense.
Essa cultura imaterial envolve lo­­gística e ação conjunta, e é mais um dos tesouros de nossa região. Por enquanto, nossos pescadores lideram a disputa pela comunidade que mais toneladas de tainha pescar.
A safra da tainha interfere fortemente também em nossa gastronomia. Na semana passada, o jornalista Marcos Heise, que assina a página de culinária do jornal Palhocense, falou um pouco sobre o potencial gastronômico desta estrela dos mares do sul. Quer a receita? Acesse: http://migre.me/wDpz9.
Já pensou no potencial turístico dessa movimentação da pesca da tainha? Não é preciso muito... Basta mostrar ao mundo essa tradição visceral e a beleza do contato do pescador com o mar e com os peixes... É pura poesia, mas segue solta ao vento...


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina