palhocense.jpg

Editorial - Edição 577 - 23/02/17

23 Fevereiro 2017 11:33:49

Carnaval de saudades

Ilustração editorial 07.jpg

Antes, um esclarecimento: não é apenas saudosismo! 

A banda San Francisco dava o ritmo. As marchinhas iam se unindo umas às outras e o salão vibrava no mesmo compasso. O calor só não era maior do que alegria, e o Coca dava o sinal para que o grupo de foliões fechasse a festa com uma volta pela Praça 7; na volta: sopa. A cena se repetiu por décadas e o nosso Carnaval era famoso não só aqui na Grande Florianópolis, mas em toda Santa Catarina e até fora dela. Os concursos de fantasias eram um show de beleza e criatividade.
Agora, voltemos para 2017. O Clube 7 anunciou esta semana que, pela primeira vez na história, não teremos baile na sociedade. O municipal, há alguns anos, já não acontecia, mas o famoso Verde e Branco ainda não havia sucumbido.
Pela cena cultural que vivemos, vai ficar fácil entender que não há mais espaço para aquele tipo de festa. As marchinhas inocentes e o giro no salão parecem não fazer o menor sentido para boa parte dos foliões desta década. Uma pena. Aqueles bailes ficarão apenas na memória de uns tantos e em algumas dezenas de fotos que integram hoje o projeto Memória Palhocense. Ficarão na memória, mas deixarão de ser parte da nossa identidade. 
“Quanto riso, oh, quanta alegria! Mais de mil palhaços no salão. Arlequim está chorando...” e nem precisa dizer por que motivo.

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina