palhocense.jpg

A volta do cinema gratuito em Palhoça

21 Junho 2012 10:57:47

Cineclube Projetando Arte retoma os trabalhos agora na Pedra Branca, com exibições para todos os públicos

Texto: Maria Júlia Manzi
Acervo e demais equipamentos ficaram encaixotados durante um ano por falta de espaço

Depois de quase um ano parado, o Cineclube Projetando Arte estará de volta a partir de julho, com exibições para todos os públicos. Uma parceria com a AMO (Associação dos Moradores da Pedra Branca) conseguiu solucionar o principal problema que o projeto enfrentava: a falta de espaço fixo.

Agora, a sede da AMO será utilizada para as sessões vespertinas que acontecerão, quinzenalmente, às terças-feiras e, semanalmente, aos domingos. Os filmes serão voltados para o público infantil, mas serão abertos para todos os amantes da sétima arte.

Também estão sendo criados projetos especiais de cinema, que irão atender as comunidades carentes próximas ao bairro Pedra Branca.


Paralisação:

Sem sede, no segundo semestre de 2011 o Cineclube precisou paralisar seus trabalhos devido aos problemas que os constantes deslocamentos de local de exibição causavam, sobretudo, aos equipamentos. “As mudanças colocavam em risco a integridade deles, principalmente da lâmpada do projetor, além dos gastos com transporte, alimentação e desgaste físico para os membros da diretoria envolvidos”, explica a presidente do Projetando Arte, Jeanine Nahas Donatello.


Atividades:

Desde 2008, um grupo de amigos palhocenses apaixonados pelo cinema trabalha duramente para garantir aos moradores o que determina o artigo 27 da Declaração dos Direitos dos Homens: o direito que todo cidadão tem de fruir das artes.

De 2008 a 2011, o grupo organizou a Mostra Itinerante de Cinema Infantil. Um evento anual que, durante quatro dias, chegou a atender cerca de 2.000 crianças, grande parte oriundas de escolas públicas.

O Projetando Arte também foi incluído, desde sua criação oficial, em 2010, no roteiro do Dia Mundial da Animação, promovendo exibições no Clube Recreativo 7 de Setembro, Centro do Município.

Em 2011, o cineclube representou Palhoça no Festival Audiovisual do Mercosul e, em 2010, realizou 92 sessões de cinema em oito centros de educação (escolas e creches), durante 23 dias.


Histórico:

Organizar exibições de filmes gratuitos em Palhoça para um público de diferentes gostos e idades. Este era o objetivo de nove amigos apaixonados pelo Cinema que, em 2010, criaram o “Cineclube Projetando Arte”.

Desde então, o grupo tem atuado no sentido de promover um espaço aberto e democrático para fomentar e divulgar a arte cinematográfica, exibindo filmes de diferentes eixos temáticos, como ficção, documentários, longas e curtas-metragens, musicais etc.

“A ideia é oportunizar a vivência de filmes de maior qualidade, sem desmistificar a magia do cinema. Todos podem aprender com os filmes, com sua linguagem e referências”, defende Jeanine. 

Para ela, os filmes podem representar um momento histórico, refletir seu tempo, as contradições e conflitos da sociedade, a ideologia de uma nação, a trajetória de um pouco ou de uma comunidade.

É por isso que, depois de cada exibição, procura-se incentivar o debate sobre o filme.

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina