palhocense.jpg

CONTORNO VIÁRIO

18 Maio 2017 09:04:38

Divulgacao.jpg

Em reunião recente do Conselho Metropolitano para o Desenvolvimento da Grande Florianópolis (Comdes), as 40 entidades que integram a entidade demonstraram preocupação com a mudança no projeto do Contorno Viário da Grande Florianópolis, informada pelo Palhocense na edição 582, em março (acompanhe no link: goo.gl/H5g8CC).
O novo traçado elaborado pela Autopista Litoral Sul prevê a intersecção da via de contorno no Km 219 da BR-101. A pedido do Comdes, o engenheiro Ricardo Saporiti analisou as mudanças e concluiu que a nova proposta, que muda traçado apresentado em 2013 pela própria empresa, prevê vários pontos de convergência em “X” entre as pistas, o que pode acarretar acidentes e congestionamentos. Além disso, determina a construção de uma ponte sobre o rio Aririú de Baixo e obras extras que vão atrasar a finalização dos serviços, que deveriam ter ficados prontos em 2012.
Jaime Ziliotto, coordenador do Comdes, disse que a entidade encomendou esse laudo técnico justamente para tentar evitar que essas mudanças ocorram no projeto do anel rodoviário. “Uma cópia do documento já foi encaminhada ao prefeito Camilo Martins, que estava preocupado com o trânsito e a segurança dos motoristas devido às modificações. Ele pretende discutir a questão em Brasília nos próximos dias”, concluiu o coordenador. Participaram ainda do encontro representantes de entidades civis e de classe que compõem o colegiado. O grupo gestor do Comdes é formado pela Acif, CDL de Florianópolis, OAB, Sinduscon, Fecomércio, Floripamanhã, Crea e CAU.

 

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina