palhocense.jpg

CELESC

18 Maio 2017 10:09:58

Na terça-feira (16), a Celesc realizou consulta pública sobre o programa de obras para o qual está pleiteando financiamento junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com ênfase nos impactos ambientais e ações mitigadoras. O evento aconteceu em Joinville, mas interessa a Palhoça.
Isso porque, em todo o estado, o financiamento do BID poderá viabilizar 20 novas subestações, ampliação de 31 subestações existentes e a instalação de 341 quilômetros de novas linhas de distribuição nas tensões 69 e 138 kV. Tais obras possibilitarão um significativo ganho operacional para o sistema elétrico, com acréscimo de 1.405 MVA de potência instalada ao sistema de transformação, volume equivalente a 20% da capacidade atual, em benefício do desenvolvimento social e econômico de Santa Catarina. 
Para a região da Grande Florianópolis, o plano de obras visa à implantação de seis novas subestações, sendo três na Capital e as outras em São José, Santo Amaro da Imperatriz e São João Batista. Três ampliações em Tijucas, Biguaçu e Florianópolis, além de mais sete linhas de distribuição, sendo quatro em Florianópolis e as demais em Palhoça, Tijucas e São João Batista.

 


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina