palhocense.jpg

Acip dará posse à nova diretoria

18 Maio 2017 10:10:14

IMG_20170516_182424.jpg

A Associação Empresarial de Palhoça (Acip) realizará, nesta quarta-feira (24), às 19h30, em sua sede, a Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para dar posse à nova diretoria, eleita no dia 26 de abril, para o biênio 2017–2019. No último mês, a Acip completou 24 anos de atuação em prol do associativismo e do estímulo ao empreendedorismo de Palhoça e região.
A nova diretoria da entidade tem na presidência o empresário e contabilista Marcos Cardoso Canto. O empresário Everson May será o vice-presidente. Na AGE, serão empossados os novos membros da Diretoria Executiva e dos conselhos Superior e Fiscal. Também serão empossados os novos coordenadores dos Núcleos da Acip.
Marcos Cardoso Canto participa do movimento associativista junto à Acip desde 2009, e já ocupou vários cargos na entidade, tendo sido o vice-presidente na gestão anterior, presidida por Leandro Porto da Rosa nos biênios 2013–2015 e 2015–2017.
Na nova gestão, Cardoso afirmou que a diretoria fará uma gestão técnica e que vai trabalhar em projetos para proporcionar benefícios e o retorno aos filiados, bem como ocupar o espaço da representatividade empresarial em Palhoça para defender reivindicações dos empresários junto aos poderes públicos. “A Acip é uma entidade em constante evolução. A gestão passada trabalhou forte na organização administrativa, financeira e orçamentária, na montagem de uma equipe de gestão focada nos projetos que a entidade desenvolve. A partir de agora vamos trabalhar para fazer a entidade crescer com base nesta estrutura que foi montada”, disse o dirigente.
Leandro Rosa, que encerra sua gestão na próxima semana, disse que a Acip ganhou bastante visibilidade através de suas ações e iniciativas. Ele destaca a transformação da entidade na Casa do Empresário de Palhoça através da representação local do Sebrae/SC e das parcerias com entidades como o Senac/SC e a Fiesc; a criação da Câmara de Mediação e Arbitragem, pioneira em Palhoça, a participação na fundação do Observatório Social de Palhoça e também iniciativas em favor do empresariado, como a ação decisiva para que a data comemorativa do padroeiro da cidade deixasse de ser um feriado e se transformasse em ponto facultativo.
Na questão da reversão do feriado, Leandro lembra que esta era uma reivindicação antiga do comércio e empresas em geral, visto que a data antecede, no mês de agosto, o Dia dos Pais, data comemorativa muito forte para o comércio em geral. “Mobilizamos os empresários, a Prefeitura se sensibilizou e enviou o projeto à Câmara de Vereadores, que o aprovou. Isso nos deu a sensação do dever cumprido em relação aos nossos objetivos de defesa da atividade empresarial em busca do crescimento econômico do município”, concluiu.

 

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina