palhocense.jpg

Boca Maldita - Edição 583 - 06/04/17

06 Abril 2017 00:44:20

Toninho.jpg

Colocando os pingos nos “is”
Recentemente, uma briga virtual pelo Facebook entre o funcionário da Prefeitura Allan Pyetro e os coronéis Ivon e Ilon de Souza deu o que falar. Teve até quem dissesse que a briga ia sair do disse-me-disse e ia pras vias de fato. Eu, que não gosto de jogar areia e nem vou ficar perguntando quem cospe aqui primeiro, aviso que a lei é clara: não se pode bater e nem maltratar uma criança tão lindinha como essa! 
Ah, a foto veio direto do projeto Memória Palhocense, que vai apresentar exposição no ViaCatarina a partir do dia 20 de abril. Quem sabe o evento não promova um encontro da paz?!


A Boca Maldita é Sua..

Descaso no tratamento de esgoto de Palhoça
“Continuando com as minhas observações em relação ao tratamento de esgoto em Palhoça, quero citar mais um caso em que a população se mobilizou e fez acontecer o que se imaginava não ser mais possível. Pena que não tenha acontecido aqui algo semelhante, pois, estou me referindo à situação em que se encontrava o rio do Braz (Praia de Canasvieiras - Florianópolis), um ano atrás. O rio estava em situação precária pela falta de tratamento de esgoto no local, e hoje, graças à pressão da população local, seus representantes na Câmara Municipal, a imprensa e, posteriormente, aos investimentos efetuados pela Casan, já se pode ver gente pescando em suas águas. Quem diria!
Aqui em Palhoça, o que temos? Uma empresa que mudou seu nome - Águas de Palhoça para SAMAE - para tentar cair no esquecimento de nossa gente, todas as falcatruas que cometeram, onde teve até gente do alto escalão da empresa preso e, hoje, assumiu um cargo importante na Câmara de Vereadores de Palhoça.
O que podemos esperar de uma empresa com um histórico tão manchado? Já respondo: nada, especialmente no que se refere ao tratamento de nosso esgoto.
Não é demais lembrar que, o Tribunal Regional Federal de Porto Alegre deu o prazo de 90 dias à Prefeitura de Palhoça para identificar as ligações clandestinas do esgoto que é lançados sem tratamento em nossos manguezais. Enquanto isso, nossos “rios-esgotos” padecem!”

Odílio José de Souza - Ex-prefeito de Palhoça


Situação caótica
Assim pode-se definir o estado que se encontra a servidão Silvio João da Silva, localizada no bairro São Sebastião. De acordo com o morador da rua, Luiz Ricardo, nem as crianças estão conseguindo passar para ir a escola, já que a Prefeitura colocou barro para tapar os buracos e com as chuvas a situação piorou ainda mais.
Outro grave problema da rua é a energia elétrica, que segundo os moradores falta todos os dias, sem que nenhuma providência seja tomada pela Celesc para resolver o problema.
Confira vídeo gravado pelo morador, na esperança que alguma autoridade da Prefeitura se sensibilize com a situação vivida pelos moradores.


Bye-bye PP
Quem diria que depois do sucesso que conseguiu no último pleito municipal, quando seu partido, o PP, elegeu três vereadores, o eterno presidente, Toninho Pagani, faria as malas e deixasse a sigla. Toninho aponta como causa a ingerência do diretório estadual, quer dizer, a família Amin.  “Lamento, profundamente, a maneira nada democrática com que um pequeno grupo interferiu nos assuntos internos do Diretório Municipal. Quero lembrar, que mesmo nos momentos mais difíceis, até de crise, nunca abandonei os companheiros e foi graças a isso que conseguimos conduzir o partido até o pleito vitorioso de 2016”, declara o ex-presidente.
O certo é que os três vereadores e a família Amin vão ter que se virar nos trinta para organizar novamente o partido, até porque, junto com o Toninho, estão saindo mais de duzentos filiados.
Será que os vereadores que ficaram com o partido vão ter tesão para correr atrás, como fazia o Toninho?! Será que no próximo pleito, os vereadores vão sair pela cidade puxando o Esperidião e família pela mão como fazia o Toninho?! As respostas só o tempo dirá!


Roubo na Câmara?
Não foi divulgado, mas fiquei sabendo que na semana passada, larápios entraram na Câmara de Vereadores e roubaram nada menos do que cinco computadores, que eram usados por vereadores, entre eles, Pitanta e Tavinho. O que é mais estranho é que a Câmara paga uma empresa de vigilância dia e noite. Será que ninguém viu nada?!


Para entrar no Caminho Novo, só por atalho velho 
A empresa que venceu a licitação para trocar a rede pluvial de uma das entradas para o bairro Caminho Novo deve estar de brincadeira. Faz mais de um mês que revirou a estrada toda e abandonou a obra, deixando os moradores da rua sem poder entrar com carros em suas residências. Por falar em Caminho Novo, lá também a Prefeitura andou semeando umas mudas de asfalto, que até agora ainda não pegou. Haja paciência, né?!


O que dizem e eu Não Afirmo...
QUE anda por aí uma gravação onde aparece um político pedindo propina. Será que é aqui ou em Brasília?!
QUE a falta de segurança é tanta na Ponte do Imaruim que à noite ninguém mais pode sair nas ruas. A Avenida Aniceto Zacchi, por exemplo, já está sendo chamada de Avenida do Crack!
QUE teve vereador criticando o Projeto de Lei do Executivo aprovado essa semana, que concedeu benesses salarias para alguns colaboradores da Prefeitura. Mesmo assim, o projeto teve 15 votos a favor e apenas dois contra!

Imagens


logo palhocense.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina